9 NEGÓCIOS QUE SE ADAPTARAM ÀS MUDANÇAS COM SUCESSO

Meus amigos empreendedores, existe uma famosa frase que diz que "se você falha em planejar você deveria planejar em falhar", talvez ela carregue um fundo de verdade, mas neste mundo cheio de mudanças, talvez os planos mais bem estabelecidos não sejam os melhores a seguir.


O século 21 tem sido cruel, de ataques terroristas e quedas históricas nos mercados globais à epidemias e pandemias. Tudo isso afeta os negócios do mundo inteiro.


Mas, olhando por outra perspectiva, também há mudanças positivas que são moldadas pelas circunstâncias complicadas. Seguindo nesta linha, negócios que se adaptam mostram um sucesso exponencial.


Então hoje vamos apresentar exemplos de negócios que se adaptaram à mudanças com sucesso.


RAMO IMOBILIÁRIO


Agentes imobiliários estão neste momento sentando no "banco de carona" quando o assunto é vendas de propriedades.


Até recentemente, mostrar as casas que estão à venda um uma tarde ensolarada de domingo era uma das formas mais interessantes e frequentes de vender uma propriedade, mas isso significa que os vendedores e compradores tem uma pequena janela de oportunidade para fechar negócio.


Com isso, corretores imobiliários precisavam se desdobrar na agenda para conseguir conciliar diversas visitas e torná-las realidade.


Mas o mercado logo encontraria uma forma de se adaptar, facilitando e agilizando a interação entre o lado comprador e o lado vendedor. Como?


Criando visitas online adaptáveis à sua necessidade e conveniência!


A realidade virtual permite os compradores "andarem" por uma propriedade virtual em que se pode aproveitar toda a tecnologia para analisar cada detalhe e tomar uma melhor decisão de compra.


Vídeos passo a passo são criados com drones e fotos em tecnologia 3D que gravam a escala dos cômodos, apresentações que vão desde uma caminhada pela vizinhança até a amostragem de quão alto está a ducha do banheiro.


Então a tecnologia VR(virtual reality) está revolucionando como compramos a propriedade, e assim agentes imobiliários podem basicamente vender enquanto dormem!


NETFLIX


A Netflix se moveu com o mercado e nunca mais olhou para trás.


Quando Reed Hastings fundou a empresa em 1997, era apenas uma empresa de aluguéis de DVD em que os clientes iriam pedir os vídeos para uma confraternização por exemplo. O DVD era enviado por correio e assim que assistido era enviado de volta pelo contratante.


Durante esta fase do negócio, a Netflix permaneceu contida apenas no mercado americano. Mas um ponto de disrupção foi a criação de clubes de assinatura, em que por uma taxa mensal o cliente poderia alugar um certo número de DVD´s, o que causou a falência de várias locadoras de filmes.


Em 2010, outra tacada de mestre foi lançada pela empresa com o começo de serviços de "streaming", e com o aumento das bandas de internet aumentando a capacidade de fluxo de dados, o negócio se tornou mais e mais viável.


Essa empresa mexeu com vários gigantes do mercado como canais de televisão, locadoras de filme, DVD´s e cinemas. Hoje tem 148 milhões de assinantes no mundo inteiro.


Agora uma reflexão, já pensou se as grandes gravadoras de filmes começassem a estrear suas obras na Netflix e não em cinemas?


DISNEY


A Companhia Walt Disney não é só o Bambi ou o Mickey, desde 1923 a empresa tem sido a líder da indústria do entretenimento, mas quando o Mickey e o Pato Donald começaram perder popularidade a empresa começou a pensar em novas mudanças.


Todo o negócio foi bem ágil em se adaptar às mudanças de mercado e o seu sucesso ininterrupto é uma prova disso.


Primeiro a Disney adquiriu a Pixar Studios em 2006 por 7.4 bilhões de dólares trazendo nomes como Toy Story para junto da empresa, depois a Marvel foi comprada em 2009 por 6 bilhões de dólares, e após isso um acordo selado para os filmes de Star Wars com a LucasFilms em 2012 por 4 bilhões de dólares.


Tudo isso garantiu para que a marca fosse a número 1 do entretenimento, mas não para por aí, em 2017 a empresa compro 52 bilhões de dólares em ações garantindo toda a "20 Century Fox" sob controle.


LEGO


As fundações da Lego ainda pode estar centradas em um pequeno bloco de plástico, mas o negócio da empresa se tornou mais complexo do que isso.


A empresa foi fundada em 1932 por um carpinteiro dinamarquês que acreditava que uma simples peça de lego iria oferecer infinitas possibilidades para a diversão de gerações inteiras de crianças, e definitivamente foi.


Contudo, em 2003 a empresa quase foi à falência sem poder achar uma nova geração de consumidores em um mercado saturado pela tecnologia.


Nesta situação, a Lego inovou pensando além do limite de produtos originais, fazendo parcerias com marcas, então começaram os negócios fazendo peças de Star Wars, Harry Potter e O Senhor dos Anéis.


FORD


A companhia de motores Ford tem sempre se mostrado adaptável à mudanças, o sucesso da empresa em masterizar a linha de produção foi o que elevou o seu nome em primeiro lugar.


Mas não para por aí, desde essa época a habilidade da empresa de reinterpretar a tecnologia disponível no meio e adaptá-la para o seu modelo de negócios tem mantido a marca relevante.


Um exemplo disso é a nova tecnologia de Impressão 3D que tem feito uma verdadeira disrupção na medicina, joalheria e arquitetura. A Ford não demonstra medo da adaptação.


A empresa já está testando diversas formas de impressão 3D de peças para os seus modelos, quem sabe em alguns anos, comprar um Ford signifique imprimir um carro em casa?


SOFTWARES


As vendas de softwares se tornaram invisíveis.


Antes de 2015 se você precisava de um antivírus ou até mesmo de um editor de fotos, era necessário toda uma viagem à uma loja especializada para comprar um disco.


Depois de comprar um disco do software, era preciso algumas horas instalando, e cada ano se fosse requerido uma nova versão, outro disco deveria ser comprado em mais uma viagem à loja. E todos os "bugs" que apareciam?


Grandes companhias como a Microsoft e a Adobe rapidamente adaptaram seu modelo à tecnologia de armazenamento de dados e inscrições na nuvem. O que tornou o negócio de fácil assimilação e melhor para reter consumidores.


Com isso, "updates" são instantâneos, "bugs" são solucionados antes mesmo de sabermos.


AMAZON


A Amazon nunca foi como ela é hoje, Jeff Bezos trouxe a cultura para a empresa de "adapte-se ou morra", então da sua empresa inicial de vendas de livros, passou para um "marketplace" robusto servindo compradores e vendedores.


Uma vez que a área do e-commerce foi dominada ela começou a refinar a área de logística e tecnologia para se manter a líder em questão de tempo de entrega.


Mas não para por aí, conforme a empresa crescia, Bezos introduziu serviços na nuvem para diversificar as ofertas. Foi um sucesso. Hoje a Amazon é um dos maiores players de hospedagem na web.


Acabou?


Depois disso, a empresa ainda entrou no mercado de comidas frescas, prometendo uma entrega no mesmo dia, ou na mesma hora!


Mais adiante, ainda vieram os serviços "on demanding" de streaming de vídeo, concorrendo com a Netflix com o lançamento do Prime Video.


Ainda falta um último segmento, e provavelmente o mais impressionante.


A Amazon está entrando no mercado do comércio espacial! Sim, concorrendo com empresas como SpaceEx, Virgin Galactic, a Amazon se lança no segmento com a marca Blue Origin.


Nada mal para uma ex livraria de garagem não?


PAYPAL


O PayPal não começou como um sistema de pagamento online.


Um dos fundadores da empresa, Max Levchin revelou que o PayPal era originalmente uma empresa de criptografia quando foi fundada em 1998.


Depois foi usado como uma forma de transferir dinheiro, depois de subidas e descidas e muitas fraudes cometidas por usuários mal intencionados, a empresa encontrou finalmente o seu nicho de pagamentos online.


Então, o PayPal como conhecemos hoje foi fundado e se tornou público passando por um processo de IPO na bolsa de valores em 2002, em tempo para ser comprada pelo EBAY por 1,5 bilhões de dólares.


Essa compra inclusive possibilitou Elon Musk fundar a SpaceEx, confira neste artigo!


GOOGLE


No começo, a empresa não tinha exatamente algum tipo de plano de negócios, não tinha nenhum tipo de caminho em particular e não tinham nenhum tipo de fonte de renda estável, até 2003.


Em 2003, a Google lançou o programa ADWORDS, esse foi o grande passo em que a empresa não só era apenas uma ferramenta de busca, mas uma líder no segmento de publicidade.


Até hoje, o Adwords continua sendo a maior fonte de renda e lucro da empresa.


CONCLUSÃO


Meus amigos, esta foi a lista de negócios que conseguiram se adaptar à mudanças com sucesso.


Gostaria de passar a mensagem aqui utilizando o exemplo da Amazon, assim como ela conseguiu ir de livraria de garagem à lançadora de foguetes, você conseguirá crescer o seu negócio, não tenha medo de começar pequeno e se adaptar no processo.


Apenas tire a sua ideia do papel!


Para ver mais posts como esses acesse o nosso blog! E para contratar algum serviço e elevar o nível da sua empresa, contate-nos no site.























© 2019 Opção Consultoria - CNPJ: 02.744.184/0001-20