Como conseguir o seu auxílio emergencial de R$600? Solicite o coronavoucher.



Se você é um trabalhador informal, autônomo ou MEI que foi muito afetado por essa crise o auxílio emergencial apelidado de coronavoucher pode se de grande ajuda neste momento e este artigo foi feito para tirar todas as suas dúvidas.


Este auxílio foi feito pelo governo federal em parceria com a Caixa Econômica Federal e o cadastro pode ser feito tanto pelo site do programa quanto pelo aplicativo, porém tome cuidado ao acessar o aplicativo, há boatos de vários aplicativos criados com o intuito de roubo de dados, então por via das dúvidas recomendamos que se cadastre pelo site.





O aplicativo está disponível tanto para IOS quanto para Android.


O que é exigido para se ter direito ao cadastro?


1 - Ter 18 anos de idade ou mais;


2 - Possuir uma renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (522,50 reais) ou 3 salários mínimos (3.135 reais) por família. A renda familiar considera todos os rendimentos dos membros da mesma residência com exceção do Bolsa Família;


3 - Ser contribuinte do INSS individual ou facultativo;


4 - Não ter tido obrigatoriedade na declaração de Imposto de Renda em 2018;


5 - Ter o título de pessoa jurídica (MEI), trabalhador informar ou autônomo.





PASSO A PASSO DA INSCRIÇÃO (SITE OU APP)


1 - Acesse o site ou o aplicativo do programa;


2 - Clique em "realize sua solicitação";


3 - Agora devem ser informados os dados pessoas tais como nome completo, nome da mãe, data de nascimento e CPF;


4 - O sistema irá fazer uma análise para saber se você possui ou não direito ao auxílio. Esse processo demora 48h e se for permitido, caso se tenha uma conta na Caixa ou no Banco do Brasil, o dinheiro pode ser recebido;


5 - Caso não consiga se cadastrar online por algum motivo, procure uma agência.


OBSERVAÇÕES


1 - O cadastro pode ser feito de forma presencial em algum banco da Caixa, mas a instituição lembra que estamos em tempos de pandemia e solicita que só pessoas que não conseguiram fazer o cadastro pela internet recorram a esse meio. O telefone 111 também foi liberado pelo banco para tirar todas as suas dúvidas.


2 - Quem estava no Cadastro Único até o dia 20/03, e que atenda as regras do Programa, receberá sem precisar se cadastrar no site da CAIXA. As pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20/03, mas que têm direito ao auxílio poderão se cadastrar no site com o pagamento sendo realizado em até 48h após o cadastro.


3 - O auxílio será depositado em contas digitais podendo ser transferidos para qualquer banco sem custos. Quem não possui conta bancária pode fazer a retirada nas lotéricas.


4 - Você pode acessar o CadÚnico em https://meucadunico.cidadania.gov.br/meu_cadunico/


5 - A parcela 1 será creditada no dia 9 de abril, a parcela 2 nos dias 27,28,29,30 de abril e a parcela 3 nos dias 26,27,28,29 de maio.


6 - Quem é beneficiário do Bolsa Família receberá o auxílio no mesmo calendário do benefício regular, ou seja, da mesma forma que recebe o Bolsa Família.


CONCLUSÃO


Meu amigo(a), espero que tenhamos ajudado a sua situação.


Caso você tenha um negócio que precise de digitalizar rapidamente para não ser tão afetado pela crise do coronavírus, fale conosco, nós possuímos um Plano de Marketing Digital de implementação rápida justamente para situações como esta.

© 2019 Opção Consultoria - CNPJ: 02.744.184/0001-20