Investidor Anjo, como conseguir?


A pior coisa que existe é ter uma ideia genial e não poder arcar com os custos de colocá-la em prática. E nesse artigo, vou te apresentar como você pode abrir sua empresa ou startup utilizando o mesmo sistema de investimento de empresas como Google, Apple e Buscapé.


Assim como você, outras pessoas apostam em ideias inovadoras, capazes de alcançar um mercado inexplorado ou, então, poder solucionar problemas que outras pessoas possuem. Essas pessoas são chamadas de Investidor Anjo!


Quem são os investidores anjos?


O investidor anjo é uma pessoa física ou jurídica que faz investimentos com seu próprio capital em empresas nascentes com um alto potencial de crescimento, como as startups. Normalmente os investidores anjos são empreendedores experientes e com alto know-how, que além do investimento financeiro, têm muito a contribuirem com conhecimento de mercado e networking.


Onde encontrá-los?



Um bom lugar para conseguir investidores para seu projeto é em eventos de startup.


Lá, você pode fazer networking e participar de concursos de investimentos, onde os ganhadores com as melhores ideias conseguem investimento para seu negócio, além de apresentarem sua ideia para um numero considerado de pessoas e empreendedores.


Afinal, as pessoas precisam conhecer sua ideia para poder procurá-la.

Outro lugar é o Google Campus lá você pode conseguir um alto networking com pessoas que estão na mesma área e com investidores que partilham do mesmo ramo de negócio.



Fica em São Paulo. A gigante de tecnologia Google abriu as portas para que todos os interessados por empreendedorismo possam conhecer seu novo espaço, que fica no bairro Paraíso, em São Paulo. O Google Campus é um espaço para empreendedores, mentores, investidores trocarem experiências e criarem startups que vão mudar o Brasil e o mundo. O Google Campus de São Paulo é um espaço de seis andares e mais de 2,6 mil metros quadrados.


O que eu preciso para conseguir um Investimento na minha startup?



Um investimento em startup é algo muito arriscado, então você precisa entregar o máximo de informação possível sobre o presente, passado e futuro do seu negócio para o Investidor, pois ele está investindo o dinheiro dele e precisa saber a possibilidade de ter retorno. Imagina você num cassino, em qual roleta jogaria? A que ninguém ganhou ou a que você viu 3 pessoas seguidas ganharem?


O dinheiro funciona de maneira similar: Você não colocaria seu dinheiro em uma ideia imatura, sem validade ou sem, pelo menos, um protótipo. Por isso alguns critérios influenciam na decisão de investimento.


Para conseguir um investimento para sua startup, você vai precisar de algumas coisas para facilitar o processo. Presta MUITA atenção no que vamos te dizer agora!


1- Plano de negócios


Um plano de negócios é basicamente o manual da sua empresa. Ele vai te dizer o passo a passo que você vai seguir desde o momento em que abrir ate a projeção de lucro para os próximos anos.


No plano de negócio você tem todos os aspectos necessários para funcionar uma startup, como: estudo de mercado; analise de fornecedores; quais insumos precisa; qual o capital inicial; em quanto tempo terei retorno em meu negocio; qual a viabilidade da ideia; quais leis preciso cumprir; e muito mais coisas.


Com o plano de negócios, você vai ser capaz de mostrar pro investidor critérios bastante palpáveis e que farão ele se interessar pela sua ideia!


Com o plano de negócios, você vai demonstrar organização financeira e operacional, planejamento estratégico, conhecimento do mercado que você está entrando e dos seus concorrentes. TUDO que um investidor anjo DESEJA ver pra poder apostar na sua empresa!


Se você quer saber mais sobre o plano de negocio, vou deixar um link abaixo.

www.opçãoconsultoria.com


2- Determina métricas e metas


Se sua empresa já está em funcionamento, mesmo que seja inicial, Estabeleça métricas. Dessa maneira, você será capaz de, a partir daqui, realizar uma analise dos dados precisa e definir qual será o futuro e o risco do investimento da mesma.


Usando as métricas como referência, você deve definir metas que trabalhem com esses dados. Assim, você será capaz de obter resultados cada vez mais proveitosos. Uma boa meta motiva, ajuda a produzir e dá uma base muito boa para crescer.

Nós ensinamos NESSE ARTIGO AQUI como definir metas bem pensadas e planejadas!


3- Analise a viabilidade da sua ideia


Saiba qual o capital inicial da sua empresa, é importante contabilizar tudo, literalmente tudo. Até o clips de papel deve ser contabilizado. Assim como, o custo inicial, o custo fixo e o custo variável de produção.

Saiba mais sobre a viabilidade econômica de sua Empresa clicando BEM AQUI.


Acesse nosso site!

www.opcaoconsultoria.com

© 2019 Opção Consultoria - CNPJ: 02.744.184/0001-20